quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Esaú e Jacó - O valor do perdão

“[...] reconcilia-te primeiro com teu irmão e depois vem e apresenta a tua oferta” (Mt. 5:24).



Texto base Gn 25:19-34; 27:1-46; 33 - Hora da História Parte 2

Nessa mesma noite, dormindo ao relento, com a cabeça recostada em uma pedra, Jacó tem um sonho, onde havia uma escada que ligava o céu e a Terra. Nela subiam e desciam anjos e no meio vindo ao seu encontro estava o Senhor que lhe disse para que não temesse porque Ele o guardaria e lhe daria por herança toda aquela terra.
Jacó segue até o lugar onde sua mãe lhe enviara. Lá conhece sua prima Raquel, por quem se apaixona. Pede-lhe a mão em casamento e se compromete, já que não tinha dotes, a trabalhar por sete anos de graça para Labão. No dia do casamento, porém, descobre que fora enganado. Como esposa recebe Lia, a irmã mais velha de Raquel. Era costume, explicou-lhe Labão, casar a filha mais velha. Jacó não desiste e compromete-se  a trabalhar mais sete anos para se casar com sua amada.
Com Lia teve dez filhos. Raquel era estéril, e foi pela graça de Deus que, bem mais tarde teve um filho, José.  Posteriormente, já em idade bem avançada, tem outro menino, de nome Benjamim. Devido a complicações no parto, morreu, deixando viúvo Jacó.
Antes porém desse acontecimento, Jacó, quando então já havia se passado vinte anos que se encontrava em terras distantes, recebeu da parte de Deus, ordens para retornar a casa de seus pais. No meio do caminho, já próximo do seu destino, Jacó teve uma experiência sobrenatural com um anjo do Senhor, que, segundo consta na Palavra, travou uma luta intensa com ele por causa de uma benção. Ao final, fora abençoado e teve o seu nome modificado. Não mais se chamaria Jacó (enganador) e sim Israel (guerreiro de Deus).
O encontro entre os dois irmãos, superando todas as expectativas foi emocionante. Jacó temia que o irmão o matasse e preparou-se para essa possibilidade. Mas o irmão ao vê-lo derramou-se de saudades e o abraçou. Prevaleceu entre os dois o amor fraternal que é o sentimento esperado no seio de uma família. A partir desse momento tem início uma nova história na vida dos dois irmãos e os planos de Deus então, se cumprem. Dos doze filhos de Jacó, nasce as doze tribos de Israel.  Desse povo, Deus prepara o berço do nosso amado Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário